LOWTON, ESSE DESCONHECIDO

Primeiramente, vamos esclarecer o que é um Lowton.  Lowton, dentro da Ordem Maçônica, é uma criança que ao completar 7 anos de idade, sendo filho ou tutelado de maçom, pode ser adotado por uma Loja Maçônica e a partir daí, fazer parte da Ordem. Como fazer parte da Ordem? Aí vem a grande resposta que muito poucos conhecem ou às vezes fingem desconhecer para não se dar ao trabalho de acompanhar o jovem nas reuniões de estudos, uma vez por mês, aos sábados pela manhã. Como é sabido, em qualquer sociedade, existem os que comandam, os que colaboram e os que assistem, fazendo parte apenas por fazer.

IMG-20170409-WA0124

Na Ordem Maçônica não é diferente e graças ao G.’.A.’. D.’. U.’., temos um número bem elevado dos que colaboram, auxiliando no comando dos que querem fazer.

IMG-20170409-WA0131

Dessa forma, ao filho do Maçom (em alguns países a filha do Maçom também pode ser adotada como Lowton) com idade entre sete a quatorze anos, adotado por uma Loja Maçônica, a qual contrai para com ele a obrigação de servir-lhe de tutor e guia na vida social, de acordo com um ritual especial denominado “Adoção de Lowtons”, impropriamente chamado de “batismo”.

IMG-20170409-WA0132

Jovem Lobo

A denominação Lowton tem uma origem muito antiga e significa “jovem lobo”designação esta que se dava entre os mistérios de Ísis, ao filho de um iniciado, que respondia por “chacal” ou “lobo”, já que a máscara que um iniciado usava, mesmo em público, tinha a forma simbólica deste animal.

Ornamentação do Templo

Tanto na adoção quanto nas reuniões de uma Oficina, os Lowtons devem se revestir com roupa branca, uma vez que o branco é o símbolo da pureza do infante, que compete à Loja adotiva preservar, e a cor predominante na decoração do Templo Maçônico preparado para a Sessão de Adoção de Lowtons, o qual deve ter as paredes guarnecidas por um estofo branco, recamado de abelhas e ornado de folhagens e grinaldas de flores, símbolo da infância. O próprio Ritual de Adoção de Lowtons revela esse apelo à pureza: a água nas mãos, para que elas permaneçam puras;

IMG-20170409-WA0127

o sal na fronte, para inspirar idéias sãs e justas:

IMG-20170409-WA0130

o mel sobre os lábios, para que a boca só profira palavras meigas e doces;

o vinho, símbolo da força vivificante, para inspirar o desejo do bem e da sabedoria; e o fogo, para purificar todo o seu ser.

Proteção Maçônica

O Lowton, entre outras coisas, tem direito à assistência e proteção maçônicas e o de ser iniciado aos 18 anos, desde que o consinta o pai ou tutor, satisfeitas as condições exigidas pela legislação maçônica, dispensando, entre si, o tratamento de “Primos” e recebendo, por parte dos Maçons, o tratamento de “Sobrinhos”. Os Maçons, por sua vez, recebem, por parte dos Lowtons, o tratamento de “Tios”.

Oficina de Lowton

As Lojas Maçônicas reúnem seus Lowtons em Oficinas, por elas patrocinadas, com o objetivo de formar-lhes o caráter e a personalidade, encaminhando-os na senda das virtudes, da moral e dos bons costumes e preparando-os para, no futuro, tornarem-se Maçons, se este for o seu desejo. As supervisão e coordenação das atividades gerais de uma Oficina de Lowtons cabem a um Conselho Preceptor composto por, no mínimo, três Mestres Maçons nomeados pelo Venerável Mestre da Loja patrocinadora. Uma Oficina é dirigida pelos próprios Lowtons que a compõem, os quais tomam a denominação de Lowtons Condutores, dando-se ao local de suas reuniões o nome de Câmara. Para que as reuniões de uma Oficina possam ser realizadas é necessária à presença de pelo menos, sete Lowtons Condutores, assistidos por um Preceptor.

IMG-20170409-WA0123

A Loja José Marcelino da Silva – Oriente de Catalão-Goias – no dia 09.04.2017, sob a presidência do Ir. Rosemberg José Marcelino ( Venerável Mestre), realizou uma linda sessão de Adoção de Lowtons. E, pelas palavras do Ir. Rosemberg ” – Foi certamente a sessão mais emocionante por mim presidida” podemos afirmar que foi uma das mais lindas realizada por aquela oficina. Que as outras jurisdicionadas ao Grande Oriente do Brasil – Goiás, siga o bom exemplo da José Marcelino da Silva de Catalão. Os nossos jovens (sobrinhos(as) agradecem.

Texto sob a responsabilidade do Gabinete.
Fotos da origem.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Você pode gostar...